C&D convida: Universidade e saúde mental, um problema? Com o Prof. Robson Cruz

O Grupo Crítica & Dialética promove na próxima segunda-feira, 26/06/2016 o debate:

Universidade e saúde mental: um problema?

14:00 hrs, na sala 2090, FAFICH

Palestra do Prof. Robson Cruz (PUC-SP), com comentários de Bruno Carvalho (Doutorando em Filosofia, USP).

Esperamos a todos!

+ informações :
https://www.facebook.com/events/1179551305512599/
critiaedialetica@gmail.com
Entrevista do Dr. Robson Cruz para a TV UFMG:
https://www.youtube.com/watch?v=a4sFlYZuQ3g

 

CONVIDA (3)

Registro e agradecimentos, minicurso “A ética neoliberal”

O Grupo Crítica & Dialética agradece a todas as pessoas que participaram do evento com o professor Alessandro Pinzani. O interesse e audiência foram muito expressivos, o que nos levou a considerar outras edições no mesmo formato, além de tornar ainda mais premente uma solução virtual para quem não puder se deslocar para a UFMG. Precisamos mesmo acertar esse detalhe, pois nem mesmo tiramos uma foto das 75 pessoas que seguiram as atividades nos três dias. Há outras atividades programadas para o segundo semestre, vamos ver se acertamos isso até lá.

Minicurso “A ética neoliberal”, com o Prof. Alessandro Pinzani (UFSC)

O Grupo Crítica & Dialética promove nos dias 17, 18 e 19 de maio, das 14h às 18h, na sala 1012 da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG, o minicurso “A ética neoliberal”, com o Prof. Alessandro Pinzani (Filosofia-UFSC). Aqui pode ser encontrado o plano de curso e a bibliografia nele indicada. A audiência é livre, sem custos e sem necessidade de inscrição.

cartaz pinzani

Programação do semestre

As atividades do primeiro semestre de 2017 já estão definidas. Além das reuniões regulares do grupo de formação e do grupo de pesquisa, o Crítica e Dialética sediará um evento, intitulado “Os novos movimentos no Brasil entre antipolítica e nova política”, em data em negociação.


As reuniões do grupo de formação, ainda voltadas ao exame da “Dialética do Esclarecimento”, serão nos dias 02/03, 09/03, 16/03, 20/04, 27/04, 11/05, 18/05 e 25/05. Os encontros ocorrerão às 14:30, na sala 2082.


As reuniões do grupo de pesquisa serão nos dias 06/04, para o debate da pesquisa de Luiz Philipe de Caux, 01/06, para a apresentação da pesquisa de Rodolpho Venturini, e 29/06, para a exposição do relatório final da pesquisa de Eder Rodrigues.

II Colóquio do Núcleo de Estudos Direito, Modernidade e Capitalismo (UFLA)

O colóquio, organizado pelo grupo de pesquisa Direito, Modernidade e Capitalismo (Direito-UFLA) em colaboração com o grupo Crítica & Dialética (Filosofia-UFMG) e o grupo Marx como crítico da política e do direito (Direito-UFMG), terá lugar na Universidade Federal de Lavras entre 9 e 11 de novembro de 2016, com a programação abaixo.

14551080_1153520531395178_43534704_o

Atividades do segundo semestre de 2016

O Grupo Crítica & Dialética já definiu a programação semestral do grupo de formação (ver em Atas). Os encontros regulares serão nas tardes de sexta, às 14:00, na sala 2082.


As atividades do grupo de pesquisa estarão voltadas à apresentação das pesquisas em curso, por parte de alguns de seus integrantes: Thiago Simim (12/08), Gilcelene de Brito (02/09), Marcus Paulo Tondato (04/10), Lucas Souza, Felipe Castro e David Gomes.

Programação do II Colóquio de Filosofia e Teoria Social: Leituras Contemporâneas de Marx

23 de junho

Auditório Sônia Viegas

08:30-09:45
Mesa 1
Materialismo e ecologia em Karl Marx – Rodrigo Benevides (UFC)
Algumas contribuições de Andrew Feenberg para o entendimento da condição humana em um mundo hiperconectado – Priscilla Normando (UnB)
De Walter Benjamin a Karl Marx segundo Daniel Bensaid – Graziano Mazzocchini (UFMG)
09:45-11:00
Mesa 2
Cidade-fetiche, cidade-mercadoria. Ou: Marx na cidade, por Debord, Lefebvre e (ainda) Benjamin – Rita Velloso (UFMG)
Proletarização do mundo e teoria das classes: a crítica da economia política na era do espetáculo e a questão do sujeito revolucionário – Ilana do Amaral (UECE)
Historia da separação, ou, a atualidade da crítica do espetáculo nas lutas sociais contemporâneas – Lindberg Campos Filho (USP)
Intervalo
11:15-12:30
Mesa 3
Forças e relações de produção em Postone: apontamentos para uma teoria da transição – Diogo de Matos (UERJ)
O efeito rotina – Mônica Hallak (PUC Minas)
Robert Kurz, do colapso da modernização à reprodução social fictícia – Ana Carolina Leite (UFES), Daniel Manzioni (USP) e Fábio Pitta (USP)
Almoço
14:00-16:30
Mesa-redonda 1
Paulo Arantes (USP)
Eduardo S N Silva (UFMG)

24 de junho

Auditório Sônia Viegas

08:30-09:45
Mesa 4
A Sociologia Relacional e o Materialismo Histórico: mais um capítulo na controversa relação entre Marx e as ciências sociais – Gustavo de Alencar (UFMG)
Política e dialética da diferença: a importância de Marx para Deleuze – Benito Maeso (IFPR)
Do Homo Faber ao Homo Sacer: valor da força de trabalho e desvalor da vida nua – Allan Hillani (UERJ) e Glenda Vicenzi (UERJ)
09:45-11:00
Mesa 5
Transformando o patriarcado? O papel da luta feminista na reconfiguração das cateogorias marxistas – Marta da Costa (UFMS)
Ernst Bloch e Karl Marx: convergências e divergências sobre a noção de direitos Humanos – Felipe Castro (UFERSA)
Da luta de classes à luta por reconhecimento? O trabalho na era pós-industrial – Thiago Simim (UFMG)
Intervalo
11:15-13:00
Mesa 6
Marx nas novas teorias materialistas do Estado – Douglas Ribeiro (UFMG)
Estabilização do capitalismo e teoria da crise: conseiderações sobre o diagnóstico frankfurtiano à luz da nova crítica do valor – Felipe Catalani (USP)
O problema da exposição categorial como sistema de Helmut Reichelt – Antônio José Alves (UFMG)
Marx em Tempos de MEGA: dinâmica econômica e crise – Leonardo Gomes de Deus (UFMG)
Almoço
14:30-17:00
Mesa-redonda 2
Jorge Grespan (USP)
Amaro Fleck (UFLA)

Programação completa em pdf aqui.

Qualquer dúvida ou solicitação, favor entrar em contato pelo e-mail: criticaedialetica@gmail.com

Trabalhos aprovados para o II Colóquio de Filosofia e Teoria Social: Leituras Contemporâneas de Marx

A organização do II Colóquio de Filosofia e Teoria Social: Leituras Contemporâneas de Marx agradece a todas pessoas que submeteram suas propostas. Recebemos um número de propostas muito superior ao que foi planejado e, para atendermos à demanda, ampliamos o número de vagas tanto quanto possível.  Lamentavelmente, não foi possível acolher a todas, de modo que foi dada prioridade aos trabalhos de adequação temática mais clara. A lista dos trabalhos aprovados segue-se abaixo e a programação definitiva será divulgada em breve.

Allan M. Hillani e Glenda Vicenzi, “Do Homo Faber ao Homo Sacer: Valor da força de trabalho e desvalor da vida nua”

Ana Carolina Gonçalves Leite, Daniel Mazione Giavarotti e Fábio Teixeira Pitta, “Robert Kurz, do colapso da modernização à reprodução social fictícia”

Antônio José Lopes Alves, “O problema da exposição categorial como sistema em Helmut Reichelt”

Benito Eduardo Araujo Maeso, “Política e dialética da diferença: A importância de Marx para Deleuze”

Diogo Labrego de Matos, “Forças e relações de produção em Postone: apontamentos para uma teoria da transição”

Douglas Carvalho Ribeiro, “As Teorias Materialistas do Estado”

Felipe Castro, “Ernst Bloch e Karl Marx: convergências e divergências sobre a noção de direitos humanos”

Felipe Catalani, “Estabilização do capitalismo e teoria da crise: considerações sobre o diagnóstico frankfurtiano à luz da nova crítica do valor”

Graziano Mazzocchini, “De Walter Benjamin a Karl Marx segundo Daniel Bensaïd”

Gustavo de Castro Patricio de Alencar, “A Sociologia Relacional e o Materialismo histórico: mais um capítulo da controversa relação entre Marx e as ciências sociais”

Ilana V. do Amaral, “Proletarização do mundo e teoria das classes: a crítica da economia política na era do espetáculo e a questão do sujeito revolucionário, Ou; O Espetáculo e o deslocamento social da negação: das classes laboriosas às classes perigosas”

Leonardo Gomes de Deus, “Marx em tempos de MEGA: Dinâmica econômica e crise”

Lindberg Campos Filho, “História da separação, ou, a atualidade da crítica do espetáculo nas lutas sociais contemporâneas”

Marta Nunes da Costa, “Transformando o patriarcado? O papel da luta feminista na reconfiguração das categorias marxistas”

Mônica Hallak, “O efeito rotina”

Priscilla Normando, “Algumas contribuições de Andrew Feenberg para o entendimento da condição humana em um mundo hiperconectado”

Rita Velloso, “Cidade-fetiche, cidade-mercadoria. Ou: Marx na cidade, por Debord, Lefebvre e (ainda) Benjamin”

Rodrigo Benevides, “Materialismo e Ecologia em Karl Marx”

Thiago Aguiar Simim, “Da luta de classes à luta por reconhecimento? O trabalho na era pós-industrial”

Abertura das atividades do semestre

O Grupo Crítica & Dialética convida toda a gente para a reunião de abertura dos trabalhos deste ano, a ser realizada nesta sexta-feira, dia 8 de abril, às 13:00, na sala 4053. São dois os pontos de pauta: a preparação do II Colóquio de Filosofia e Teoria Social, marcado para os dias 23 e 24 de junho, e o agendamento das atividades do grupo de formação, dedicado neste semestre ao exame da “Crítica do Poder”, de Axel Honneth.


A programação semestral do grupo de formação já está definida (ver em Atas). Os encontros serão às 14:00, na sala 2082.


As atividades do grupo de pesquisa estarão voltadas ao debate prévio dos papers que os pesquisadores pretendem apresentar no II Colóquio. A ordem das apresentações é a seguinte: Luiz Philipe de Caux (“Reconhecimento em Marx”), Graziano Mazzocchini (“De Walter Benjamin a Karl Marx segundo a interpretação de Daniel Bensaïd”), Douglas Ribeiro (“Marx nas novas teorias materialistas do Estado”) e Thiago Simim (“Bourdieu e Honneth”).